Conselhos capilares

Queda de cabelo, todas as perguntas e respostas.

03 Mar, 22

Nesta época do ano, como muitas pessoas já devem ter notado, a mudança de estação repercute na nossa pele e cabelos. E é normal que, a tua pele fique mais seca e o teu cabelo caia mais facilmente quando a temperatura desce.

Gostarias de saber mais sobre porque acontece isto e o que podes fazer para corrigi-lo? Então não percas o próximo post:

 

Porque é que o cabelo cai no outono?

Antes de aprofundarmos o assunto, gostaríamos de enfatizar que a queda de cabelo não é motivo para nos preocuparmos quando é causada pela mudança de estação. Não obstante, quando ocorre em grandes quantidades ou não é devido a uma mudança de estação, é aconselhável consultar um especialista que possa compreender melhor a causa subjacente ao problema. Uma vez esclarecido este ponto, vamos falar sobre o porquê do cabelo cair geralmente no outono.

Bem, se pararmos para analisar, as pessoas não são as únicas que sofrem esta mudança – os animais também mudam de pelo e isso não nos alarma; o processo é o mesmo e em ambos os casos, é natural.

 

Fatores ambientais e hábitos pessoais

O fato é que, quando o outono chega, existe um fator que se altera drasticamente: as horas de sol que o dia tem e, consequentemente, as horas de luz que recebemos. Isto afeta diretamente a nossa produção de melatonina, uma hormona que intervém nas fases de crescimento do cabelo.

Adiciona-se a isto duas condições influenciadas pelos nossos hábitos em cada estação. Por um lado, no verão -a estação que acabámos de deixar para trás- devemos ter passado várias semanas a tratar mal os nossos cabelos, devido à alta exposição ao sol sem usar protetor solar no couro cabeludo, a lavar o cabelo com mais frequência do que o recomendado ou expondo-o constantemente ao cloro e à água do mar. E por outro, entramos numa estação na qual, devido ao frio, voltamos a utilizar aparelhos de aquecimento, como secadores ou alisadores de cabelo, que acabarão por enfraquecer e partir o cabelo.

Pois bem, a esta acumulação de hábitos e condições ambientais, devemos acrescentar um último fator: o stress. Algo que pode acontecer facilmente, porque temos que enfrentar um retorno à rotina após alguns meses desconetados. A perda de cabelo causada por estes fatores é conhecida como efluvio telógeno, caracterizada pela queda de tufos de cabelo durante a lavagem ou quando nos penteamos.

Parece o cocktail perfeito para a queda de cabelo, certo? Mas não entremos em pânico, porque embora o cabelo tenha os seus ciclos, nós também temos os nossos truques e conhecimentos para atingir o equilíbrio e mitigar as consequências desses fatores.

 

Como prevenir a queda de cabelo

Para que o nosso corpo responda bem, devemos cuidar dele da melhor forma possível. Isto significa não apenas usar produtos adequados às nossas necessidades, mas também levar um estilo de vida saudável, e é por aqui que vamos começar.

 

Alimentação adequada

Existem muitas vitaminas que influenciam o crescimento do cabelo e que podemos incorporar através de uma alimentação adequada, mas, mantendo sempre uma alimentação equilibrada e variada. A biotina, por exemplo, presente nos ovos, é uma delas, mas também o são o ferro, o zinco, o cálcio, o ácido fólico, o fósforo e inclusive a água. Incluir estes nutrientes na nossa alimentação, fará parte da mudança necessária para melhorar a saúde do cabelo.

 

Produtos para prevenir a queda e a quebra de cabelo

Além disto, podemos usar produtos especificamente recomendados para parar a queda de cabelo, como o nosso Shampoo com Cafeína, que previne a queda de cabelo a partir do folículo e ajuda a conter o aparecimento de caspa; outro fenómeno que pode ser agravado no outono, quando a pele e o couro cabeludo ficam secos, levando à formação de pequenas escamas brancas e claras, ou seja, caspa.

Este produto melhora a hidratação dos cabelos, porque contém Piroctona Olamina e Cafeína, dois ingredientes que hidratam o couro cabeludo, reduzindo a desidratação, eliminando a caspa e prevenindo a queda do cabelo. E o fato é que, a cafeína tornou-se um ingrediente ativo popular usado na prevenção da queda de cabelo, porque estimula a ativação do bulbo capilar e o seu crescimento.

Para além disto, como mencionámos anteriormente, o nosso cabelo está a sair de um período em que foi muito mal tratado devido às condições ambientais a que foi exposto durante o verão. O que recomendamos? Combinar o uso de um shampoo anti-queda com uma máscara reparadora, para prevenir a quebra do cabelo, que é uma forma de queda de cabelo que não ocorre no folículo.

 

Outra opção é o nosso Shampoo de Cebola, o extracto de Cebola contém compostos de enxofre, fenólicos e flavonoides, que estimulam o crescimento do pelo. Além disto, possui propriedades antioxidantes e anti-irritantes e protege a coloração do cabelo.

Para obteres melhores resultados, aconselhamos-te a aplicar nos cabelos húmidos, massajar e lavar com água abundante. Lava uma segunda vez, deixa atuar o produto durante algum tempo e enxagua novamente.

 

Completa a tua lavagem com a nossa Máscara Capilar de Cebolla ou com a Máscara Desembaraçante Olive Oil. Ambas ajudam a hidratar e a proteger o teu cabelo.

 

Por último, mas não menos importante, em termos de quais produtos utilizares para protegeres o teu cabelo, gostaríamos de falar sobre o uso de um Protetor Térmico. Uma das principais causas da perda de volume e cabelo é o uso frequente de produtos térmicos sem proteção.

É muito importante, portanto, introduzir este passo antes de secar o cabelo com o secador – um hábito que retomamos no outono -, usando alisadores, ferro de alisar ou qualquer outra ferramenta de modelagem aquecida. Neste caso, recomendamos Defense, um Protetor Térmico com ação anti-frizz, multivitaminas e minerais, que protege do calor a uma temperatura de até 230º.

 

Banhos a uma temperatura não agressiva

E para finalizar, outra coisa boa tanto para a tua pele quanto para os teus cabelos, é evitar banhos excessivamente quentes. Sabemos que é algo tentador devido ao frio que se infiltra nas nossas casas, mas não é o melhor para a tua pele, dado que a água muito quente causa desidratação, tirando os óleos essenciais da pele e do couro cabeludo.

 

Isto é tudo, no que diz respeito ao nosso post de hoje! Esperamos ter conseguido ajudar-te a combater este problema sazonal ou, pelo menos, a minimizá-lo.